O Portal

Por Coordenação do Portal Comunitário da Cidade de Deus - 10/08/2013

 

O Portal Comunitário surgiu a partir de uma pesquisa feita pelo pesquisador Celso Alexandre Souza de Alvear, do Núcleo de Solidariedade Técnica da UFRJ (SOLTEC/UFRJ), com as organizações sociais comunitárias da Cidade de Deus. Depois dessa pesquisa, em janeiro de 2008, surgiu a proposta de criação de um portal que reunisse as atividades realizadas pelas instituições, e foi dado início à sua realização.  

Formação para uso da ferramenta do portalApós a apresentação da dissertação de sua pesquisa, Celso retornou aos encontros com as instituições a partir de Junho de 2008, quando outras propostas começaram a surgir. As reuniões se tornaram mensais, e eram realizadas nas sedes das organizações participantes. Numa delas, a Sra. Ednalva Assis, representante do Centro de Estudos de Ações e Culturais e de Cidadania, a CEACC, lançou a idéia do nome Portal Comunitário Cidade de Deus, que se firmou.

Como em todo início, algumas instituições não acreditaram na proposta – as reuniões estavam vazias –, mas aquelas que se faziam mais presentes escreveram, juntas, um termo de participação comum para todos. Muitas outras idéias foram, também, construídas em conjunto, como por exemplo, o pagamento da mensalidade de R$10,00 por instituição, desde agosto de 2008. O dinheiro ajudou no pagamento do Domínio e Hospedagem.

A proposta do Portal Comunitário Cidade de Deus é muito importante para que as instituições da comunidade mostrem os seus trabalhos, como também para que a comunidade tenha acesso dando sugestões e buscando serviços. Um dos resultados mais importantes já obtidos é a integração das instituições em torno dessa proposta – o envolvimento dessas pessoas que trabalham pelo bem da Cidade de Deus pode trazer, com certeza, muitos benefícios à comunidade.

Formação para uso da ferramenta do portalEm entrevista, membros das instituições envolvidas demonstram grande entusiasmo com o projeto e confirmam esse caráter integrador do Portal. Nas palavras de Maria do Socorro (ASVI), “Antes a gente não se conhecia, então acho que hoje a gente está mais integrado, sabendo do trabalho do outro, sabendo das dificuldades, entendeu?”. José Carlos, Coordenador de Esporte e Cultura do CEAC, acredita que a iniciativa do Portal proporcionou, pela primeira vez, um encontro em que as instituições e redes da Cidade de Deus “deixaram suas vaidades de fora”.

Esse encontro e integração tende a transbordar a esfera virtual, como nos afirma Celso Alvear, idealizador do projeto: “O portal comunitário é um meio. Na verdade, o objetivo é colocar o pessoal ali sentando junto nas reuniões do portal comunitário para começar a se conhecer melhor, diminuir algumas divergências políticas, e construir algo coletivo que permita, a longo prazo, com essas reuniões do portal, criar uma identidade coletiva para poderem fazer projetos reais juntos”.

Junto ao entusiasmo e merecida esperança depositada no projeto, os membros das instituições envolvidas também são cientes dos pontos que tem de ser melhorados para a plena realização das intenções do Portal. Ao ser perguntado sobre os elementos que ainda estariam um pouco frágeis no projeto, José Carlos afirma que “o que está faltando agora melhorar no Portal é o restante das entidades que estão aqui (na Cidade de Deus) se incorporarem no projeto. Eu creio que isso vai acontecer, porque depois que eles virem o sucesso que vai ter, eles mesmos vão se automobilizar para vir pra cá. O que falta para melhorar é a participação de todos no projeto”.

A partir do dia 18 de abril de 2009, moradores, parceiros e colaboradores puderam acessar e conhecer os serviços oferecidos pelos participantes do Portal. Desde esse dia, quando o portal comunitário foi oficialmente lançado, o portal recebeu aproxidamente 164.000 visitas, de 133 países e 3.277 cidades (incluindo 777 cidades brasileiras de todos os 28 estados incluindo o distrito federal). Nesse período foram publicados 322 eventos, 241 notícias, 111 matérias de página inicial, aproximadamente 150 comentários de moradores no Fala Cidadão, 500 anúncios no classificados de casas e 300 ofertas/procura de empregos.

Em 2012, após três anos no ar, chegara a hora de refletir sobre os avanços obtidos e o futuro do site. Notou-se que a internet mudou muito durante os últimos anos, e que era preciso adequar o Portal as novas demandas por portais interativos e interligado com as redes sociais, decidindo assim à criação de uma nova versão do Portal. Assim, desde o início do ano dois bolsistas do Soltec/UFRJ (Maressa Tuponi e Luiz Felipe Vecchietti) iniciaram um processo de desenvolvimento participativo do Portal Comunitário da Cidade de Deus 2.0, levantando junto as instituições as novas necessidades e propostas de layout. Em março de 2013, o bolsista Augusto Namitala assumiu o lugar do Luiz Felipe e, junto com a Maressa, desenvolveram esse novo portal que está sendo lançado hoje, no dia 10 de agosto de 2013.

Esperamos que todos vocês gostem do novo portal. Ele está muito mais dinâmico, com mais espaço para que os moradores e visitantes do portal possam dar sua opinião e contribuição para o desenvolvimento local da CDD e totalmente integrado as redes sociais.

Saiba mais:

Compartilhe::